A Esperança de uma nova saga bem feita!

Diário de Bordo 271114 – Descobri que virei fã da saga Jogos Vorazes. Obs: J Law tem sua parcela de culpa.
E é engraçado lembrar da minha história com esse filme porque no início achei que seria mais um filminho bobo de paixões adolescentes aproveitando a onda de Crepúsculo (eu acabei de inventar essa categoria de filmes, breve nas locadoras haverá uma sessão com esse nome). Porém ao conversar com um amigo que já havia lido todos os livros descobri que talvez eu estivesse redondamente enganado spoiler: eu estava. Ele me explicou meio por cima a história, sobre o conflito político e foi essa parte que me interessou.
Resolvi então fazer um investimento de tempo e atenção para parar, assistir e analisar o que achava do primeiro filme. No final das contas achei legal e me convenceu a ver próximo, apesar do receio de ser um filme bobo adolescente ainda permanecer.
Fui assistir o segundo e tudo começou a mudar, rumando pelo caminho contrário do que eu esperava, a trama ganhou uma seriedade maior. As consequências dos Jogos do filme anterior e as tretas políticas começaram e se misturaram com o sentimento de por favor não matem o personagem da J Law, ou seja, o segundo filme te dá um gostinho do que vai acontecer no terceiro junto com elementos do primeiro.
E eis que chegamos no terceiro, dividido em duas partes para que tenhamos mais tempo de contar a parte mais importante das história… Hahahahaha hahaha ha a… Pode ser que em algum lugar do coraçãozinho dos produtores seja isso, mas na verdade é só pra ganharem mais dinheiro.
Na real não me importo que tenham dividido o último, acho ótimo pra falar a verdade. Ver a Jennifer Lawrence nunca é demais! Aliás ela é o elemento que mais me interessou no Jogos Vorazes e Em Chamas. Você teme e torce por ela o tempo todo, se importa apenas que ela saia com vida dos jogos e tá meio que cagando pro resto. Só no desenrolar do segundo que você vai entendendo que a trama do filme vai muito mais além de jogarem tributos na arena.
A Esperança sequer tem os jogos!
E é por isso que eu virei fã.. Chega de focar só na Katniss, a parada agora é mundial ou distrital risos risos risos. Ela ainda é a personagem principal, mas agora o filme não é sobre ela e sim sobre a visão dela a respeito da guerra/revolução/tretas que à envolvem.
Eu que sempre me interessei por historias com conspirações políticas e que recentemente comecei a ler 1984, recebi o que esperava ver quando investi meu tempo lá atrás no primeiro.
Sem querer dar muitos spoilers, mas ha uma parte em que começam à planejar a “campanha politica” da Katniss como O Tordo Que Vai Salvar a Galera e é simplesmente genial. Eles usam as mesmas artimanhas midiáticas que a Capital usava para manipular as pessoas, à favor da revolução. Mostrando como a propaganda pode inspirar uma guerra abraços para Adolfinho o alemãozinho nervoso.
Saí do filme felizão, satisfeito e querendo urgentemente a Parte 2 na minha mesa!
Enfim, se eu escrevo mal e não deu pra entender meus pontos à favor da saga, meu argumento final é: Tem a Jennifer Lawrence atuando magistralmente 80% das cenas porra! Isso já é mais do que o suficiente!!1!11onze!centoeonze!1

“Fiiu fiiiu fiiiiiu fiiiiiu” – Tordo

image

Anúncios